Artigo 1º - O presente regulamento aprovado pela comissão de Conjunção Nacional da Raça Fila Brasileiro e homologado pelo Conselho Cinotécnico da confederação do Brasil Kennel Clube, em reunião realizada dia 24 de junho de 1983, que disciplina a criação de cães da raça fila brasileiro.
Artigo 2º - Para efeito deste Regulamento, são considerados criadores todos os proprietários de cães da raça Fila Brasileiro, que devidamente registrados na CBKC mantêm canis de criação da raça.

DOS REPRODUTORES
Artigo 3º - Para que um animal, macho ou fêmea, seja considerado reprodutor, deverá preencher os requisitos do padrão da raça e as seguintes disposições:

  1. Ter atingido a idade de:

    1. Machos 15 meses

    2. Fêmeas 18 meses

  2. Ter participado de uma exposição e não ter sido desqualificado, apresentando também súmula, na qual conste ter sido aprovado em prova de temperamento.

DA COBERTURA
Artigo 4º - Todo criador deverá comunicar ao Clube, os nomes dos animais destinados a reprodução.
Artigo 5º - Ocorrida a cobertura, o criador no prazo de 45 (quarenta e cinco) dias comunicará o fato ao Clube.
Artigo 6º - Nascida a ninhada, terá o criador, 30 (trinta) dias de prazo para encaminhar ao clube o pedido de Verificação da Ninhada.

DA VERIFICAÇÃO DAS NINHADAS
Artigo 7º - As ninhadas cujo registro se pretende, nos termos deste regulamento, deverão ser examinadas em torno de 45 (quarenta e cinco) dias do nascimento.
Artigo 8º - Aos verificadores compete - constatar a tipicidade rácica de cada filhote e conferir a descrição feita pelo criador.

DISPOSIÇÕES GERAIS
Artigo 9º - Fica estabelecido que o plantel do Fila Brasileiro em todo Território Nacional está obrigatoriamente sujeito ao presente regulamenta a partir de 01/01/84