MANEJO

Aqui você encontrará algumas dicas importantes sobre o dia-a-dia do seu cão, que lhe servirão para auxiliar na solução de problemas até certo ponto simples, mas que por falta de orientação muitos fracassam na criação.

MONTANDO UM CANIL

Se você é apaixonado por Fila Brasileiro e tem vontade de iniciar uma boa criação, veja o que é necessário para ser bem sucedido. O amor, a paciência, o carinho e a amizade, são fundamentais para quem deseja criar o Fila Brasileiro. Mas só o sentimento e a boa vontade, não bastam, é preciso, antes de tudo, algum espaço, tempo, muito 
conhecimento, uma grande vontade de aperfeiçoar a raça e uma constante dedicação. Primeiro, procure muito bem a raça. O temperamento, os cuidados e os gastos para quem deseja iniciar uma criação de forma gradativa, o capital inicial a ser investido é o custo de uma boa fêmea e os gastos com a sua manutenção. É importante conhecer um pouco de genética, para conseguir bons resultados nos acasalamentos e para isso é preciso pesquisar, ler muito, além do contato com criadores idôneos, veterinários e clubes especializados na raça.
CANIL - INSTALAÇÃO
As acomodações para os cães num canil é muito importante. Elas deverão ser divididas em boxes, construídos em alvenaria – tanto o chão quanto as paredes – os boxes deverão ser individuais e sempre construídos de frente para o nascer do sol. A área desses boxes deverá ser no mínimo de   2x6, sendo 1x2 área coberta para proteger o cão da 
chuva, do sol, do vento; e 2x5 deverá ser descoberto, onde o cão poderá tomar sol.  Maiores informações, entre em contato com a Sociedade Paulista do Fila Brasileiro e boa sorte..

MANEJO

Confinamento : não aconselhamos o confinamento do Fila. A sua origem já diz tudo : cão boiadeiro, cão de fazenda. Mas é um cão que adaptou-se bem na função de guarda, pela sua fidelidade ao dono, à família, às crianças e principalmente pela aversão a estranhos. É um cão que revela segurança e confiança, um inexidível guarda de propriedade, mas necessita de alguns cuidados.
1 – Você pode ajudar o Fila a ser mais saudável e eficiente quando confinado. Dentro de um espaço de 2x6 no mínimo, o Fila vive bem, cresce forte e saudável.
2 – Exercícios : aconselhamos levá-lo a passear, exercitando-o diariamente. Os exercícios mais adequados, são os naturais como : andar, trotar, correr, enfim, caminhar, além de melhorar seu condicionamento físico, o cão se torna mais saudável, alegre, e eficiente na função de 
guarda. Um cão que não se exercita, torna-se apático, preguiçoso e com possibilidade de viver pouco.
3 – Nunca deixá-lo preso na corrente, porque torna-se neurótico, revoltado, um animal imprevisível, perigoso. Mantenha-o sempre solto e você terá orgulho de Ter um Fila Brasileiro.
INSETOS E PARASITAS

Os insetos e parasitas, moscas, mosquitos, varejeiras, pulgas, carrapatos, bernes, sarna, vermes, são causadores de várias doenças, portanto, devem ser sempre combatidos.
Primeira providência : Construir sempre o canil de frente para o sol (do lado em que o sol nasce).
Segunda   : Manter o canil sempre seco, evitando umidade.
Terceira : Não deixar água parada nas imediações do canil.
Quarta : Pulverizar sempre os canil com produto repelente : Triatox, Butox, e com repelente contra moscas e mosquitos, como Óleo de Eucalipto Natural. Mas antes disso, consultar o veterinário para que ele possa orientá-lo como executar a pulverização.
Quinto : A proliferação de insetos e parasitas, bem como doenças que possam causar   no cão, está intimamente ligado à manutenção de higiene e limpeza dos animais e canis. A higiene é essencial para ter um plantel com excelente condição de saúde.

BERNE : depositário da mosca varejeira, nos ferimentos alimenta-se dos tecidos onde estão alojadas, causando infecções e abscessos.
CARRAPATO : transmite a babesiose e eliquisiose, doença que provoca inapetência, hemorragia, febre, que, se não tratada, causa convulsão e debilitação orgânica.
PULGA :   transmite vermes, causa anemia. (principalmente nos filhotes).
SARNA : são três variedades :

a) Demodécica : transmitida da mãe para os filhotes, mesmo se tratada, fica incubada e pode reaparecer periodicamente. Sintomas : erupções na pele, queda de pelo e coceira.

b) Sarcótica : além das erupções na pele, queda de pelo, coceira, provoca mau cheiro e queda de resistência.

c) Otodécica : localiza-se no canal auditivo, causando secreção preta e pode deixar o anima surdo, se não tratada a tempo.

VERMES : provocam anemias, baixam a resistência, prejudicam o crescimento dos filhotes, quando alojado no sistema nervoso central, causando convulsões, os sintomas são : vômitos após as refeições, diarréia, barriga dilatada e emagrecimento.

Prevenção : exame de fezes é o meio mais eficiente de se detectar estes parasitas.

Próximo >>

[O Site] [SPFB] [O Fila] [Origem] [Padrão Oficial] [Padrão Comentado] [Reg. Criação] [Criação c/ Êxito]
[O Fila Preto]
[Fila do Mês] [Show de Filhotes] [Fila e a Família] [Depoimento] [Grandes Campeões] [Gal. da Saudade]
[Fila Internacionais] [Manejo] [Criadores] [Associações] [Eventos] [Informativo] [Associar] [Links] [Fale Conosco]

Copyright © 2003 Sociedade Paulista do Fila Brasileiro - Todos os direitos reservados.
• Desenvolvimento e Criação: Gilson de Oliveira